quinta-feira, 7 de maio de 2015

O alienado não escreve. Escreve? Escreva-me

Ajudando o sistema, estando dentro dele. Não tendo tempo para pensar. Para comer. Para refletir. Para sentir o momento.

Às vezes ele simplesmente se apossou de mim, consumi o tempo sem experimentá-lo, o momento passou por mim e eu nem me dei conta, foi como um sopro de vento que a gente só repara quando já passou. 

Só que o dia a dia me obriga a seguir com o fluxo consumindo informação, estando conectada, estando hiperconectada. Eu não consigo respirar. 

E se a bolha for o melhor lugar? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário