terça-feira, 9 de abril de 2013

Desconfie da maré

Me esforcei para enviar em transmissão de pensamento algo que fizesse você entender o que se passa por aqui. Se deu certo, não sei. 

Vai ver você não parou um minuto sequer do seu dia para refletir sobre as oportunidades que deixou passar ao longo desses anos. 

Eu sim. Se deu certo, não sei. Pensei nos planos, nos fatos e no sorriso. 

Quando vejo tragédias ao nosso redor penso nas nossas pequenas lamúrias e no quanto desperdiçamos a chance de sermos felizes. Você calmamente dirá "aponta pra e rema". 

Mas e você, tem remado?

Um comentário: