quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Free & diet

É bom que você saiba que eu me desgastei também, mas que não perdi a moeda de troca para me refazer inteira. Todos os dias me alimento um pouco do vento, das melodias, dos sorrisos alheios e do tempo. Me permito alguns excessos, vez ou outra, para não cair na rotina. É aí que eu me entrego às doses de você. Do seu modo, seriam todas homeopáticas, mas gosto de me lambuzar por inteira na sua voz, entorpecer-me no seu calor e me embebedar dos seus olhares. Cautela eu só incluo no cardápio nos dias santos e feriados, no resto, eu gosto é do 'bom gosto'. Segunda eu reservo uma porção de disposição; na terça me satisfaço com a motivação; quarta eu me permito uma cevada, que é dia de jogo e ninguém é de ferro. No mais eu deixo a quinta, sexta e sábado à vontade. Um pouco de tudo e sem aspartame. Domingo, como eu disse, reservo pra cautela.

2 comentários:

  1. Ai esses dias da semana.
    Pra mim quarta é uma senhora pesada sentada sobre mim, quase me falta ar. quando ela da uma brechinha respiro fundo e vou até sexta às 18h qdo chego em casa e sou um tequinho mais feliz.
    vc é ótema
    bjs guria
    Ale Safra

    ResponderExcluir
  2. "Uma senhora pesada sobre mim!" Putz...é isso, exatamente, isso. E depois eu que sou ótema? ADORO!

    ResponderExcluir